Atualização do cronograma para o 26º Encontro Nacional da ANPAP 2017

26/7: Divulgação da programação preliminar. Divulgação dos resultados das submissões (via EasyChair, individualmente para cada autor). Início do período de pagamento e realização das inscrições via site (em breve):

  • Associado com comunicação aceita:
    • Inscrição no 26o Encontro Nacional da ANPAP: R$100,00 
    • Anuidade: R$200,00
  • Não-associado com comunicação aceita:
    • Submissão de artigo: R$100,00
    • Inscrição no 26o Encontro Nacional da ANPAP:
      • Pesquisador/professor universitário: R$200,00 
      • Estudante de pós-graduação/artista independente/professor de educação básica: R$100,00

09/8: Data limite para entrega do artigo adequado aos pareceres (se necessário) e pagamento da inscrição para todos os autores.

12/8: Início do preenchimento de fichas de inscrição para ouvintes - sujeito à disponibilidade de vagas que será informada nesta data (link do formulário a ser disponibilizado no site - em breve):

  • Profissionais/professor universitário: R$200,00
  • Estudante de pós-graduação/artista independente/professor de educação básica: R$100,00
  • Estudante de graduação: R$50,00

31/8: Data limite para envio das documentações, de acordo com o Edital, para candidatura de novos associados pelo email anpap.secretaria20172018@gmail.com 

Dados bancários da ANPAP, biênio 2017-2018, para depósito de anuidade e taxa de inscrição no Encontro:
Banco: Itaú (341)
Agencia: 1652
Conta corrente: 20234-0
CNPJ: 59.573.386/0001-73

Nota de Apoio: UERJ

A Associação Nacional dos Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP) em sua missão de estimular e promover o desenvolvimento e difusão da pesquisa em artes plásticas e visuais no país, através de todos os meios disponíveis, reafirma seu compromisso com esses preceitos e, vem por meio desta nota apoiar o trabalho e a luta de docentes, funcionários e alunos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), pelo restabelecimento das condições de ensino, pesquisa e extensão que sempre caracterizaram a excelência e qualidade inegável de 64 anos de contribuição à sociedade e ao país.

A ANPAP em sua preocupação e comprometimento com os caminhos da pesquisa nacional ressalta, dessa forma, que é imprescindível, não apenas a preservação da dignidade dos servidores e alunos da UERJ, mas também o devido reconhecimento e respeito para com as atividades fins desta Instituição no que tange ao desenvolvimento científico e artístico da nação. Espera-se que o governo estadual do Rio de Janeiro se sensibilize e tome as providências cabíveis para que a Universidade possa voltar a atuar de modo preciso e satisfatório, sendo garantido o grau de excelência que sempre norteou a UERJ. É inadmissível qualquer tipo de retrocesso que coloque em xeque a educação e a pesquisa como formas de independência e autonomia intelectual e científica do país.

Diretoria ANPAP Biênio 2017-2018